top of page
  • Carolina Torronteguy

O que é TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade?

O Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade, chamado de TDAH, é um transtorno neurobiológico, de origens genéticas, que surge na infância e pode acompanhar o paciente por toda vida.

Esse transtorno é um dos mais comuns em crianças e adolescentes e se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude ou impulsividade.

Além disso, o TDAH está relacionado com a regulação de um determinado conjunto de funções cerebrais e comportamentos relacionados. Como esse transtorno é uma condição neuro-comportamental, não há cura para esse problema.


Quais são os sintomas do TDAH?


Os sintomas do deficit de atenção podem ser combinados em dois tipos de sintomas: Desatenção e Hiperatividade-impulsividade. Normalmente, seis ou mais sintomas devem estar presentes em crianças até 16 anos, ou cinco sintomas ou mais para adolescentes de 17 anos ou mais. Além disso, os sintomas devem ser percebidos por pelo menos 6 meses. Os sintomas incluem:

Desatenção

  • Desatenção quanto aos detalhes;

  • Não consegue manter a atenção em tarefas escolares, domésticas ou atividades de jogo;

  • Parece não ouvir quando alguém lhe dirige a palavra;

  • Não consegue terminar as atividades, perdendo o foco ou começando a tarefa várias vezes;

  • Apresenta problemas em organizar tarefas e atividades;

  • Evita ou procrastina a realização de tarefas que exigem esforço mental;

  • Perde facilmente os objetos, como materiais escolares, lápis, livros, chaves e óculos;

  • Se distrai e esquece de realizar as atividades diárias necessárias.


Hiperatividade-impulsividade

  • Agita-se com facilidade, se contorcendo no assento ou batendo as mãos ou os pés repetidamente;

  • Levanta-se inesperadamente em situações em que deve ficar sentado;

  • Corre ou sobe em lugares impróprios;

  • Não consegue jogar ou participar de atividades em silêncio;

  • Está sempre em movimento;

  • Fala excessivamente e responde as perguntas antes de ter sido concluída;

  • Frequentemente interrompe a conversa ou jogos de outras pessoas;


Quais são as causas possíveis?


O TDAH está relacionado a um desequilíbrio no funcionamento dos neurotransmissores na região cerebral. Algumas causas podem estar relacionadas para que essas alterações ocorram, como:


Hereditariedade


Nesse caso, os genes são responsáveis não pelo transtorno em si, mas por uma predisposição ao desenvolvimento do TDAH. Percebe-se que nas famílias de portadores desse transtorno, a presença de parentes também afetados é maior se comparado as famílias que não tinham crianças afetadas.


Substâncias ingeridas na gravidez


A nicotina e o álcool ingeridos durante a gravidez podem provocar alterações no cérebro do bebê. Em especial na região frontal orbital que são responsáveis pelo sistema executivo e por processar a informação do cérebro humano.


Exposição a chumbo


Crianças que sofreram exposição e intoxicação por chumbo também podem apresentar sintomas parecidos aos do deficit de atenção com hiperatividade.


Problemas Familiares


Pensava-se que os problemas familiares, como brigas entre os pais, baixa instrução da mãe e famílias com nível socioeconômico mais baixo poderiam ser a causa desse transtorno. No entanto, sabe-se hoje que os problemas familiares podem agravar um quadro de TDAH e não ser a causa do problema.


Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Porto Alegre!

コメント


コメント機能がオフになっています。
bottom of page